PM intensifica ações educativas na Semana Nacional de Trânsito
19/09/2019 - 10:16

Palestras, blitzes educativas e uma megaoperação voltada à educação no trânsito em todo o Estado serão as principais ações da Polícia Militar durante a Semana Nacional de Trânsito. O evento que marcou a abertura das atividades aconteceu nesta quarta-feira (18), no Salão de Atos do Parque Barigui, em Curitiba, e contou com a participação de órgãos e entidades ligados ao trânsito.

Todos os batalhões e companhias independentes da Corporação estarão empenhados para levar mais conscientização com o objetivo de reduzir as mortes no trânsito.

“A Semana Nacional é uma oportunidade para que todos os órgãos que atuam no trânsito intensifiquem suas atividades educativas, potencializando serviços e outras iniciativas que refletem na garantia da preservação da vida”, destacou o diretor-geral do Detran, Cesar Kogut.

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, disse que a ideia das ações é levar ao cidadão a conscientização sobre as condutas defensivas para reduzir os índices de acidentes. “O trânsito seguro começa com a educação e ao longo deste mês faremos diversas atividades para que os curitibanos saibam que respeitar o Código de Trânsito é uma autoproteção para sua vida e de terceiros”, explicou.

Ao longo da semana todas as unidades operacionais da Polícia Militar estarão com equipes nas ruas para fortalecer a conscientização a todos os públicos envolvidos no trânsito. “Atuaremos em parceria, buscando reforçar condutas e comportamentos aos motoristas e demais usuários que possam minimizar acidentes, feridos e mortes”, destacou o comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito, tenente-coronel Naasson Polak.

De acordo com dados divulgados pelo BPTran, de janeiro a agosto deste ano aconteceram 4.052 acidentes em Curitiba, 2.852 deles com vítimas e 1,2 mil sem vítimas. Houve uma redução de 7,5% na comparação com o mesmo período de 2018, em que foram registrados 3.769 acidentes – 2.590 com vítimas e 1.179 sem.

Apenas neste ano 38 pessoas morreram no trânsito de Curitiba, contra 32 de janeiro a agosto do ano anterior. O batalhão de trânsito vai intensificar as ações preventivas para que esses índices diminuam nos próximos meses.

De acordo com a oficial de Relações Públicas do BPTran, tenente Etiene do Carmo, educar as crianças é a melhor forma de obter um bom resultado em longo prazo. “A educação no trânsito é o melhor caminho, não só voltada para os adultos, condutores ou pedestres, mas também para as crianças. Com certeza, a longo e médio prazo, os resultados serão obtidos”, disse.

ACESSIBILIDADE – Os órgãos e entidades ligados ao trânsito que participam das atividades da Semana Nacional de Trânsito também se uniram para levar mais segurança aos surdos e cegos por meio do projeto Trânsito Para Todos. “Temos várias parcerias para buscar melhores condições para que as pessoas com dificuldade de locomoção possam utilizar o trânsito mais seguras”, disse a professora Lilian Biglia, do Instituto Paranaense de Cegos.

Com AEN

 

GALERIA DE IMAGENS