veiculo

Compra e Venda

Transferência de Propriedade

Registrar a Transferência de Propriedade do veículo, com a emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV) e o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Quem pode Solicitar?

 

Proprietário ou Procurador.


Documentos Necessários:


-  Vistoria para confirmação dos dados;

-  Comprovante de residência (Clique e conheça as Normas do DETRAN/PR);

-  CRV devidamente preenchido, assinado pelo comprador e vendedor, com o reconhecimento de firma de ambas as partes por autenticidade. Para veículos com reconhecimentos de firma fora da Jurisdição do registro do veiculo (CIRETRANs) deverá promover o reconhecimento do Sinal Público do Cartorário que reconheceu a firma no verso do CRV, em Cartório da Jurisdição de registro de veículo (CIRETRAN). 

- Débitos quitados, caso seu veiculo seja de outro estado deverá quitar também os débitos do ano vigente, ou seja, não pode ter débitos vencidos nem a vencer.


Se Pessoa Física:

- Documento oficial com foto e CPF.(Clique e conheça as normas do Detran/PR)

- Comprovante de endereço. (Clique e conheça as Normas do DETRAN/PR).


Se Pessoa Jurídica:

- Documento oficial com foto e CPF do representante legal.(Clique e conheça as normas do Detran/PR)

- Comprovante de Poderes. (Clique e conheça as normas do Detran/PR)

- Cartão do CNPJ.
 

Através de Procuração:

Clique e conheça as normas do Detran/PR

 

Prazo Legal

O prazo para o proprietário adotar as providências necessárias a efetivação do Registro de Transferência e expedição do novo Certificado de Registro de Veículo é de 30 dias, sob pena de multa.


Veículo com Baixa e/ou Inclusão de Gravame

Em caso de baixa ou inclusão de gravame da alienação fiduciária), o registro da baixa e/ou inclusão de gravame da alienação somente será efetuada mediante esse registro junto ao Sistema Nacional de Gravames (sistema informatizado). Veja a Portaria Nº 371/2009-DG.

Verifique se o registro da baixa e/ou inclusão de gravame já foi encaminhado ao DETRAN/PR através do Sistema Nacional de Gravames clicando aqui!



Saiba mais:


Se o veículo é táxi:

- Cópia autenticada do Alvará ou Licença da Prefeitura: Em Curitiba, Ofício e Termo de Permissão da URBS.

Benefício Tributário: Em caso de venda para outro proprietário, antes do prazo determinado por Lei, a transferência somente será efetuada mediante autorização da autoridade fazendária competente. Ex.: veículo com benefício tributário, Táxi.

Troca de Tarjeta da Placa: Para os casos em que seja necessário troca de tarjeta (mudança de município/estado, troca de categoria particular/aluguel), somente será necessária a troca da placa inteira caso não seja a refletiva.

Vendedor, Pessoa Jurídica: Apresentará cópia (autenticada por Tabelião) do contrato da Empresa para verificar se a pessoa que assinou o recibo está devidamente autorizada pelo contrato a vender veículo.

CND (Certidão Negativa de Débitos) do INSS: Será exigida na venda de veiculo pôr pessoas jurídicas de direito privado de seu ativo imobilizado, com valores acima dos fixados regularmente.


Transferência com:

-  Baixa de gravame: Será cobrada Taxa de Baixa de Gravame;

-  Termo de cessão de direito e baixa de gravame: Será cobrada Taxa de Baixa de Gravame;

-  Baixa e implantação de gravame: Será cobrada Taxa de Implantação e de Baixa de Gravame.



Visualize as taxas e complementações

Recomendar este serviço via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

  • Posso Dirigir com a Carteira Nacional de Habilitação Vencida há mais de 30 Dias?
    Não. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro ao dirigir com a Carteira Nacional de Habilitação vencida o condutor estará cometendo uma infração. Fique atento ao prazo de vencimento de sua CNH.
  • Como Comprovar Residência?
    Alguns documentos hábeis para comprovação de residência são as contas de água, luz ou telefone, desde que tenham sido emitidos no prazo máximo de 90 dias.
  • Quanto tempo os pontos ficam vigentes na minha CNH?
    Cada pontuação aplicada ficará ativa por doze meses a contar da data do cometimento da infração.
  • Quero transferir o veículo para meu nome mas o vendedor é falecido. Como fazer?
    Neste caso deverá o herdeiro (aquele para quem ficou a posse do bem) apresentar a fotocópia autenticada do Formal de Partilha (quando houver inventário) ou Alvará Judicial (na ausência de inventário).
  • Veículo Rebaixado
    A Resolução 479/2014 do CONTRAN, sistema de suspensão dos veículos passou a ser regularizado novamente.
    Leia mais
  • Você sabia?
    Que desde 27/09/2013 motociclistas poderão levantar a viseira de proteção quando parados na via independente do motivo? Esta ação é permitida desde que a viseira seja totalmente abaixada antes de voltar a circular. Leia Mais