veiculo

Acidente de Trânsito

Baixar o Bloqueio de acidente no Cadastro

Motivos do Bloqueio

Em conformidade com a Resolução nº 362/10 do Conselho Nacional de Trânsito - CONTRAN, por ocasião do acidente de trânsito os órgãos fiscalizadores especificam, no Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito, a situação do veículo envolvido em uma das seguintes categorias:

  • danos de pequena monta: quando o veículo sofrer danos que não afetem a sua estrutura ou sistemas de segurança;
  • danos de média monta: quando o veículo sinistrado for afetado nos seus componentes mecânicos e estruturais, envolvendo a substituição de equipamentos de segurança especificados pelo fabricante, e que reconstituído possa voltar a circular;
  • danos de grande monta ou perda total: quando o veículo for considerado como sinistrado com laudo de perda total.

Em caso de danos de média e grande monta, o órgão fiscalizador responsável pela ocorrência, comunica o fato ao DETRAN/PR para que seja providenciado o "bloqueio" no cadastro do veículo.

O veículo classificado de grande monta ”irrecuperável” deverá ser baixado.

Regularização do Veículo:

O veículo bloqueado é considerado "irregular" estando, portanto, impedido de receber o Licenciamento Anual e, consequentemente, impedido de circular.

BLOQUEIO POR MÉDIA MONTA

Para regularizar a situação do veículo, através da baixa do bloqueio, deverão ser apresentados em qualquer Ciretran os documentos previstos no artigo 4º da Portaria nº 493/2010-DG, para serem analisados e ser expedido a baixa do bloqueio.

Documentos Necessários:
I – CRV e CRLV originais do veículo, RG, CPF ou CNPJ e comprovante de residência ou domicílio do proprietário;
II – Comprovação do serviço executado e das peças utilizadas, mediante apresentação da Nota Fiscal de serviço da oficina reparadora, acompanhada da Nota Fiscal das peças utilizadas;
III–Certificado de Segurança Veicular–CSV expedido por Instituição Técnica devidamente licenciada pelo DENATRAN e acreditada pelo INMETRO
IV - Comprovação da autenticidade da identificação do veículo mediante vistoria do órgão ou entidade executivo de trânsito dos Estados ou do Distrito Federal.

BLOQUEIO POR GRANDE MONTA

Para o reequadramento do acidente de grande para média monta, deverá no prazo de 30 (trinta) dias, a contar da data do acidente, apresentar em qualquer Ciretran os documentos previstos no art.6º da Portaria nº 493/2010-DG, para serem analisados e ser reenquadrado o acidente para Média Monta.

Documentos Necessários:
I - Ser realizada nova avaliação técnica por profissional engenheiro legalmente habilitado e apresentado o respectivo laudo;
II - O veículo deve estar nas mesmas condições em que se encontrava após o acidente;
III - A avaliação deve ser feita conforme os critérios e modelos de formulários constantes na Resolução nº 362/10 do CONTRAN e seus anexos;
IV - O laudo deve estar acompanhado de fotos ilustrativas do veículo mostrando as partes danificadas e as seguintes vistas: frontal, traseira, lateral direita, lateral esquerda, a 45º mostrando dianteira e lateral esquerda, a 45º mostrando dianteira e lateral direita, a 45º mostrando traseira e lateral esquerda e a 45º mostrando traseira e lateral direita;
V - O laudo deve estar acompanhado de ART – Anotação de Responsabilidade Técnica devidamente preenchida e assinada pelo engenheiro e pelo proprietário do veículo ou seu representante legal;

Recomendar este serviço via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

  • Posso Dirigir com a Carteira Nacional de Habilitação Vencida há mais de 30 Dias?
    Não. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro ao dirigir com a Carteira Nacional de Habilitação vencida o condutor estará cometendo uma infração. Fique atento ao prazo de vencimento de sua CNH.
  • Como Comprovar Residência?
    Alguns documentos hábeis para comprovação de residência são as contas de água, luz ou telefone, desde que tenham sido emitidos no prazo máximo de 90 dias.
  • Quanto tempo os pontos ficam vigentes na minha CNH?
    Cada pontuação aplicada ficará ativa por doze meses a contar da data do cometimento da infração.
  • Quero transferir o veículo para meu nome mas o vendedor é falecido. Como fazer?
    Neste caso deverá o herdeiro (aquele para quem ficou a posse do bem) apresentar a fotocópia autenticada do Formal de Partilha (quando houver inventário) ou Alvará Judicial (na ausência de inventário).
  • Veículo Rebaixado
    A Resolução 479/2014 do CONTRAN, sistema de suspensão dos veículos passou a ser regularizado novamente.
    Leia mais
  • Você sabia?
    Que desde 27/09/2013 motociclistas poderão levantar a viseira de proteção quando parados na via independente do motivo? Esta ação é permitida desde que a viseira seja totalmente abaixada antes de voltar a circular. Leia Mais