Detran-PR participa de ações de solidariedade
06/04/2021 - 11:16

Iniciativas da Superintendência Geral de Ação Solidária do Governo do Estado reuniram líderes do Paraná para reforçar a importância da divulgação de informações sobre diagnóstico e tratamento do Transtorno do Espectro Autista e doação de cestas básicas.

O diretor-geral do Departamento de Trânsito do Paraná, Wagner Mesquita, compareceu e encaixou uma das noventa peças que formam o quebra-cabeça que uniu autoridades do Paraná em prol da conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista, nesta segunda-feira (5). Em uma ação organizada pela Superintendência Geral de Ação Solidária do Governo do Estado (SGAS), o governador Carlos Massa Ratinho Junior, secretários de Estado e chefes de outros poderes compareceram ao Palácio Iguaçu para montarem uma peça do mosaico que serve de metáfora para a complexidade do autismo. A iniciativa acontece na semana do Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado em 2 de abril, data que promove a divulgação de informações a respeito da condição.

A primeira-dama e presidente do Conselho de Ação Solidária, Luciana Saito Massa, reforçou o quanto é importante compartilhar informações sobre diagnóstico e tratamento do transtorno. “Realizar ações como essa nos ajuda a quebrar as barreiras da falta de informação e do preconceito, e torna a vida dos autistas muito mais inclusiva. Precisamos ter consciência de que o transtorno existe e que é um direito de todos estar incluído na saúde, na educação e na sociedade”, afirmou a primeira-dama.

Ratinho Junior enfatizou que o diagnóstico é fundamental para uma melhor qualidade de vida. “Eu sou uma peça desse quebra-cabeça”, afirmou, citando a frase de divulgação do movimento. “Estamos aqui hoje para relembrar a importância de levar informações sobre o autismo cada vez mais longe. É por isso que, ao longo de todo o mês, nossos prédios públicos ficarão iluminados de azul, reforçando essa mensagem”, declarou.

Desde sexta-feira, prédios como o Palácio Iguaçu, o Museu Oscar Niemeyer e da sede do Detran no Tarumã levam a cor símbolo do TEA. Instituído em 2008 pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial da Conscientização do Autismo busca dar visibilidade ao assunto, instigando debates para trazer mais luz sobre o tema. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 70 milhões de pessoas no mundo tenham autismo, sendo 2 milhões apenas no Brasil. A média calculada é que uma em cada 88 crianças tenha sinais do Transtorno do Espectro Autista.

Box

Detran participa também da segunda edição do programa Cesta Solidária

Ainda nesta segunda-feira (5), o Detran-PR entregou mais de 800kg de alimentos para a segunda edição do programa Cesta Solidária, com foco na arrecadação de alimentos para famílias paranaenses que estão em situação de maior vulnerabilidade. Esta também é uma iniciativa da Superintendência Geral de Ação Solidária (SGAS), ligada à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho.

A primeira edição foi em 2020, quando as crises sanitária e econômica atingiram diversas famílias por conta do novo coronavírus. Na época, o programa conseguiu arrecadar e distribuir 150 toneladas de alimentos à população mais vulnerável e em situação de risco, em todo o Paraná.

A primeira-dama e presidente do Conselho de Ação Solidária, Luciana Saito Massa, reforça a importância da ação diante do novo cenário da pandemia. “Estamos passando por um momento de grande dificuldade devido à pandemia. Muitas famílias do nosso Paraná estão sofrendo com a fome e a falta de renda. Pensando nos mais necessitados, decidimos lançar a segunda edição desse projeto tão especial, que no ano de 2020 contribuiu com milhares de pessoas”, explica. 

“De maneira nenhuma o Detran-PR poderia ficar de fora desta campanha. Apesar do pouco tempo de arrecadação, com muito esforço de todos os servidores e colaboradores do órgão, conseguimos arrecadar uma boa quantidade de cestas. O que mais importa, realmente, é ajudar”, afirma o diretor-geral da Autarquia, Wagner Mesquita.

A campanha faz parte da força-tarefa “Menos Eu, Mais Nós”, da Superintendência Geral de Ação Solidária em parceria com a Coordenação Estadual da Defesa Civil, que será responsável por receber e coordenar o repasse das doações, de acordo com os critérios estabelecidos.

PARANÁ SOLIDÁRIO – Ações como o Cesta Solidária têm sido foco da Superintendência desde o início da pandemia do novo coronavírus. Elas já geraram resultados diretos e contribuições que ultrapassaram as barreiras geográficas, como a recente ação da SGAS, juntamente com a Defesa Civil, para arrecadar roupas que foram doadas às vítimas das enchentes que atingiram o Acre, no último mês. Foram 48 mil peças de roupas doadas por paranaenses para a população daquele estado.

A campanha, que teve também o apoio do Corpo de Bombeiros do Paraná, endossou o prêmio recebido pelo Governo do Paraná de “Estado mais solidário do Brasil”, concedido pelo programa Pátria Voluntária do Governo Federal em 2020.

 

Com AEN

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias