Detran promove campanhas educativas voltadas aos ciclistas no Litoral do Paraná
03/01/2022 - 08:40

Os integrantes do Detran abordaram os ciclistas que passavam pela orla e lembraram de alguns conceitos sobre o tráfego seguro pelas vias urbanas, além de entregarem para cada um deles as faixas reflexivas.

Durante o Verão Paraná - Viva a Vida, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR) fará, semanalmente, campanhas educativas voltadas ao ciclista no Litoral. A primeira foi neste final de semana nas orlas das praias de Ipanema (Pontal do Paraná), Caiobá (Matinhos) e Guaratuba. A atividade consiste na distribuição de faixas reflexivas para os ciclistas e orientações de tráfego seguro.

De acordo com coordenador de Educação para o Trânsito do Detran/PR e coordenador do Verão Paraná 2021/2022 pela autarquia no Litoral, Michael Bogo, a ação focou o ciclista justamente por que a bicicleta é um meio de transporte mais frágil se comparado com os veículos motorizados, principalmente nas regiões de praias.

“Onde há ciclovia, muitas vezes o ciclista se vê obrigado a compartilhar a pista com os pedestres, devido ao grande número de pessoas, e isso faz com que ele vá para as vias dos carros, o que torna-se um perigo. Assim, nossas faixas o ajudam a ser visto pelos motoristas”, explica.

Os integrantes do Detran abordaram os ciclistas que passavam pela orla e lembraram de alguns conceitos sobre o tráfego seguro pelas vias urbanas, além de entregarem para cada um deles as faixas reflexivas, que são feitas com material específico refletivo (para ser visto em locais com pouca luminosidade), com fixação em velcro e ajustável, podendo ser usado no braço do ciclista ou na própria bicicleta.

DICAS – Como a circulação de pessoas aumentou no Litoral, a equipe do Detran orienta que o ciclista sempre transite na ciclovia, com total atenção aos pedestres, mas que, caso utilize as ruas, mantenha distância segura de, no mínimo, 1,5 metro dos veículos maiores.

Outra orientação é que o ciclista sempre transite ao lado direito da via, na mesma direção dos carros, pois se houver uma colisão entre ambos, o impacto será menor. “Se o ciclista anda na contramão dos veículos, e acontece um acidente, as velocidades do veículo e da bicicleta se somam e o impacto pode ser mais nocivo”, explica o coordenador.

Os integrantes do Departamento de Trânsito ressaltam que o bom senso é a melhor ferramenta para evitar acidentes no trânsito, seja com veículos maiores ou com bicicletas. Bogo explica que todos os dias, milhares de pessoas passam pelas vias, muitas delas com pressa, e acabam fazendo manobras arriscadas, desrespeitando leis, para tentar chegar o mais rápido possível.

“É aqui que se identifica um dos grandes problemas nas ruas. O simples fato de a pessoa se programar e sair com antecedência permite melhores condições no trânsito e segurança para todos”, ressalta Bogo.

Seguindo o lema desta temporada de verão “Viva a Vida”, a bicicleta é um dos meios de transporte que mais traz benefícios para quem as usa diariamente. “Além da economia e da sustentabilidade, as bicicletas são a base de uma rotina saudável, que proporciona mobilidade e exercício físico ao mesmo tempo. Mas há riscos, por isso lembramos que no trânsito a responsabilidade é de todos”, arremata.

 

Com AEN

GALERIA DE IMAGENS